Termina neste domingo (15) o Ano de Colaboração com a abertura oficial das comemorações pelos 400 An


Entre 25 de maio de 2015 e 15 de maio de 2016, todas as organizações criadas e/ou inspiradas em São Vicente de Paulo foram convidadas as celebrar juntas o Ano de Colaboração da Família Vicentina, quando receberam motivações para trabalhar em conjunto pela promoção da dignidade nas vidas dos Pobres. Diversas ações foram empreendidas em nível internacional e, no Brasil, muitos Conselhos Metropolitanos realizaram encontros e formações de acordo com a proposta. Na última Romaria Nacional ao Santuário de Nossa Senhora Aparecida (SP), por exemplo, representantes das Filhas da Caridade e Congregação da Missão estiveram em um stand conversando com os membros leigos da SSVP. Mas o dia 15 de maio (domingo) não marca apenas o encerramento do Ano de Colaboração, como também o início das comemorações pelos 400 Anos do Carisma Vicentino, iniciado em 1617, na Igreja de Chatillon, quando Vicente de Paulo exortou os fiéis a ajudarem uma família pobre da Paróquia. A família foi salva pela pronta resposta a este convite à ação e como resultado deste momento, Vicente compreendeu que a caridade para ser efetiva devia também estar bem organizada, um evento que tem mudado o mundo. As comemorações pelos 400 anos do carisma vicentino têm como tema “Era estrangeiro e me acolhestes” (Mateus 25,35), com o propósito de fazer com que os seguidores do carisma reflitam sobre as condições dos estrangeiros nos tempos atuais. O padre Joelson Sotem (da Congregação da Missão – ordem religiosa fundada por São Vicente de Paulo) é hoje o coordenador nacional da Família Vicentina e já adianta que há muito o que se celebrar, em entrevista ao site SSVPBRASIL. “Teremos tempo para descobrir os “estrangeiros” que esperam ser acolhidos. Mais ainda! Quando nos recordamos da Parábola do Bom Samaritano, vemos lá que foi um estrangeiro com a ajuda de outro estrangeiro que ajudaram a vítima de roubo e espancamento. Nos faz pensar que o estrangeiro também tem muito a nos ensinar, quando compartilha o pouco que tem com os outros mais Pobres ainda”. Sobre a participação dos vicentinos neste momento, ele ainda comentou. “Algo que comentei esses dias na Romaria a Aparecida e volto a repetir é que pude perceber o quanto os dirigentes da Família Vicentina estão preocupados para que este carisma se mantenha vivo e atuante na Igreja. E mais do que nunca, os leigos, de modo especial, os confrades e consócias se tornam os grandes responsáveis em manter viva a chama da caridade que tanto inflamou o coração e a vida de Vicente de Paulo”. Para celebrar este grande feito na Igreja, o padre Gregory Gay (Superior Geral da Congregação da Missão) anunciará no domingo de Pentecostes de 2016 informações do contexto dos 400 anos e algumas propostas e planos de trabalho para 2017. Nessa última quinta-feira, a Família Vicentina divulgou um vídeo do padre Gregory comentando sobre as duas comemorações: fim do Ano de Colaboração e início dos 400 Anos do Carisma Vicentino.

FONTE: DA REDAÇÃO DO SSVPBRASIL

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Conselho Metropolitano de São Carlos

Órgão hierárquico da Sociedade de São Vicente de Paulo

  • Twitter Classic
  • c-facebook